Una disfunción eréctil es la impotencia de obtener o mantener una erección. comprar cialis sin receta españa saber cuál es el medicamento ideal para usted depende de diferentes factores. L'excitation sexuelle masculine est un processus complexe qui implique le cerveau, les hormones, les émotions, les nerfs, les muscles et les vaisseaux sanguins. La dysfonction érectile peut résulter d'un problème avec l'un de ces. De même, le stress et la santé mentale préoccupations peuvent causer ou aggraver la dysfonction érectile. Où achat kamagra sur internet vous avez trouvé une #pharmacie online ici http://trendpharm.com/ #kamagra. Lorsque des problèmes se produisent dans la chambre, les émotions peuvent exécuter élevé. Si vous avez commencé à éviter les rapports sexuels par crainte de ne pas obtenir une érection, votre partenaire peut commencer à vous pensez ne trouvent plus attrayants. Sentiments se blessent. En couple commencent à se sentir moins intime. Le ressentiment se insinue.

Quem não conhece a técnica de insistir na mentira até que ela acabe se tornando um cacoete, um vício generalizado, uma crença inabalável do senso comum?


Na sua Resposta II, o Bocabertone, não tendo mais o que alegar, parte para a falsificação completa não só do meu texto, como também do seu próprio. Três amostras, só para ilustrar que nem vale a pena examinar o resto, já que não estou discutindo com um adversário intelectual, mas com um bandidinho pé-de-chinelo:


1

Bertone: "No primeiro texto, ele nega que a CIA tenha financiado órgãos de oposição a Goulart."

OBS - Mentira grossa. Neguei os 12 bilhões de dólares, não qualquer financiamento.

2

Bertone: "...desonestidade intelectual: ele diz que atribuí o valor de 12 bilhões de dólares a uma abordagem de Bóris Fausto. Mentira. Se o leitor conferir meu texto 'A Confusão mental dos seguidores de Olavo de Carvalho' verá que eu disse 'segundo o mesmo autor que citei [...]'. Nos parágrafos anteriores eu havia citado Evaldo Vieira, Boris Fausto e Francisco Carlos Teixeira da Silva, sendo este último a fonte da informação. Acontece que ele não leu nenhum dos três e tirou sua própria conclusão errada atribuindo tal erro a mim."

OBS – Falsificação criminosa do próprio texto. Leiam o parágrafo inteiro e digam se a menção que ele faz não é a Boris Fausto e somente a Boris Fausto:

“Os saudosistas da ditadura costumam falar de crescimento do PIB, mas ‘esquecem’ que o PIB não implica distribuição de renda. Ao contrário, os salários dos trabalhadores foram cada vez mais comprimidos. Segundo Boris Fausto, em 1972 mais de 50% da população economicamente ativa recebia menos de um salário mínimo. Os baixos salários e a concentração de renda também se refletiam na precariedade dos programas sociais. O Brasil tinha um dos piores indicadores de saúde, educação e habitação do mundo, e isso em plena era do “milagre” econômico do governo Médici. Mas esse é o governo perfeito daqueles que odeiam Lula, Dilma e a própria sociedade brasileira. São aqueles que não querem cotas pra negros porque não querem conviver com negros na universidade, não gostam do bolsa família porque não sabem nem se existem pobres no país. Olavo de Carvalho também mente quando diz que o governo americano não teve participação no golpe de 64. Kennedy já vinha exercendo pressão sobre o governo brasileiro por um alinhamento contra Cuba e a CIA financiava órgãos daqui para fazerem oposição ao governo Goulart como o Instituto Brasileiro de Ação Democrática (IBAD) e o Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais (IPES). A ESG participou ativamente da luta contra a reforma agrária. SEGUNDO O MESMO AUTOR QUE CITEI, eles chegaram a movimentar um fundo de 12 bilhões de dólares para campanhas contra o governo.” 

QUE OUTRO HISTORIADOR FOI CITADO AÍ ALÉM DE BORIS FAUSTO? 
Em parágrafos anteriores ele havia mencionado Evaldo Vieira a propósito da dívida externa e Teixeira da Silva a propósito do problema agrário. Nenhum dos dois aparecia dizendo nada sobre os 12 bilhões. A expressão "o mesmo historiador que citei" só pode se referir, portanto, ao último citado no mesmo parágrafo: Boris Fausto. 

3

Bertone: "...Se os diálogos Johnson-Gordon foram apenas conspiração da KGB segundo o sr. Olavo..."

OBS - Mais uma falsificação. Já em "O Vigariota II", desmascarando sua afirmativa de que "OLAVO DIZ QUE ESSES DOCUMENTOS SÃO FALSOS CITANDO COMO FONTE… ELE MESMO", eu havia esclarecido: 

"O merdinha mente com um despudor de strip-teaser bêbada. EU NUNCA disse que esses documentos eram falsos. Ao contrário: toda a minha argumentação [nos artigos meus ali transcritos] partiu do princípio de que eram autênticos, e de que seu sentido patente era O INVERSO do que a mídia esquerdista lhes atribuía."

Quem não conhece a técnica de insistir na mentira até que ela acabe se tornando um cacoete, um vício generalizado, uma crença inabalável do senso comum? É como no Barbeiro de Sevilha: "Caluniem, caluniem, alguma coisa sempre acabará pegando." 

Aliás, desde o começo, se esse sujeito tivesse mesmo algo de sério para opor às minhas palavras, para que teria ele de apelar à mentirinha boba sobre o vestibular da USP? Isso já diz tudo: o homenzinho é simplesmente um mau caráter, não um debatedor digno de respeito.

 


Share