Una disfunción eréctil puede ser el resultado de afecciones y enfermedades, medicación o estilo de vida. En primer lugar, es un problema físico. A menudo, factores psíquicos como el estrés y el miedo ayudan a mantener o empeorar los problemas eréctiles. Comprar priligy generico en barcelona saber cuál es el medicamento ideal para usted depende de diferentes factores. L'excitation sexuelle masculine est un processus complexe qui implique le cerveau, les hormones, les émotions, les nerfs, les muscles et les vaisseaux sanguins. La dysfonction érectile peut résulter d'un problème avec l'un de ces. De même, le stress et la santé mentale préoccupations peuvent causer ou aggraver la dysfonction érectile. Où commander cialis sans ordonnance vous avez trouvé une #pharmacie en ligne ici http://trendpharm.com/ #cialis. Lorsque des problèmes se produisent dans la chambre, les émotions peuvent exécuter élevé. Si vous avez commencé à éviter les rapports sexuels par crainte de ne pas obtenir une érection, votre partenaire peut commencer à vous pensez ne trouvent plus attrayants. Sentiments se blessent. En couple commencent à se sentir moins intime. Le ressentiment se insinue.

A austeridade é somente para os povos da Europa. Enquanto isso, a União Europeia aumenta as despesas com propaganda, pseudo-informação e sub-informação.


“The European Parliament is to spend almost £2 million on press monitoring and trawling Eurosceptic debates on the internet for “trolls” with whom to debate in the run-up and during euro-elections next year amid fears that hostility to the EU is growing.”
Do The Telegraph: EU to set up euro-election 'troll patrol' to tackle Eurosceptic surge

O Parlamento Europeu vai gastar cerca de 2 milhões de euros no combate aos eurocéticos na internet, colocando funcionários da União Europeia em debates na rede. Ou seja: criará uma brigada mercenária contra os eurocéticos, que começa a funcionar já neste mês de fevereiro.

Perante o aumento da impopularidade da União Europeia que se manifesta nas redes sociais da internet, a União Europeia cria uma espécie de “patrulha do pensamento” constituída por funcionários treinados e pagos para debater on line contra os eurocéticos.

Em contraponto, e num momento de austeridade na maioria dos países da Europa, a União Europeia vai aumentar em 15% o financiamento dos partidos políticos com representação no parlamento europeu — por exemplo, o PPE (Partido Popular Europeu) — e vai gastar cerca de 10 milhões de euros no novo Museu da Europa.

Acresce-se um gasto de mais 82 milhões de euros na inauguração, em 2015, da “Casa da História Europeia” que pretende “celebrar a memória histórica da União Europeia” e promover a “consciência da identidade europeia”. Para além disto, o dinheiro disponível para “seminários, simpósios e atividades culturais” que façam propaganda à União Europeia vai aumentar em 85%, e a despesa da União Europeia com “informação audiovisual” vai aumentar em 36%.

Portanto, a austeridade é somente para os povos da Europa. Enquanto isso, a União Europeia aumenta as despesas com propaganda, pseudo-informação e sub-informação.

O slogan desta União Europeia “cusca” é: “mais Europa e não menos Europa”. Faz lembrar o slogan dos comunistas na falecida RDA durante a década de 1980: “mais comunismo e não menos comunismo”. Perante a crise do comunismo, os comunistas pediam mais comunismo — e depois foi o que se viu.

 

Orlando Braga edita o blog Perspectivas.



Share