Jornalistas que não se curvam à patifaria totalitária do Foro de São Paulo estão sob risco num país em que o direito à livre opinião está seriamente ameaçado. Alex Pereira e Vitor Vieira falam sobre as ameaças e acusações feitas pelos delinquentes aliados aos bandidos do PT contra aqueles que defendem as liberdades civis e que com independência denunciam um governo que está simplesmente destruindo o Brasil e suas instituições.

* * *


Nos encontros da liderança do PT, canta-se a Internacional Socialista e fala-se abertamente do projeto de dominação política do país. No STF, fala-se apenas de corrupção, "caixa 2", peculato e outros crimes, como se o Mensalão não fosse a tentativa de usar o dinheiro como arma revolucionária, para falsear todo o jogo político nas instâncias mais altas do país e fazer com que o PT, centralizando tudo no Executivo, controlasse o país sem nenhuma oposição.

Infelizmente, a população caiu no truque das atenuações da imprensa chapa-branca, e ainda está dando apoio expressivo a políticos do PT e a seus aliados.

* * *

Católicos não podem votar num partido pró-aborto e pró-gayzista.

Veja muito mais na seção de vídeos do Mídia Sem Máscara.

Avisos

POLÊMICAS INTER-RELIGIOSAS, EM ESPECIAL ENTRE DIFERENTES DENOMINAÇÕES CRISTÃS, SÃO EXPRESSAMENTE PROIBIDAS NESTE SITE. COM TANTOS INIMIGOS RONDANDO, VAMOS FICAR TROCANDO TAPAS EM FAMÍLIA?

trueoutspeak2
atasFSP

clip_image002

THIS IS A BULLSHIT-FREE SPACE
Orkut-32twittericonYoutube_32x32facebook_32Feeds_32x32Mail-32currency_blue_dollar-32

É ingênuo supor que qualquer conteúdo de interesse público possa ou deva ser publicizado porque, se assim fosse, o grampo telefônico deveria estar liberado e todos os gabinetes, inclusive o de Lula, deveriam ter transmissão de áudio e vídeo para um telão no meio da praça.

A coerência é uma virtude que exige solidez de princípios. Tá bom, eu sei que isso é mercadoria rara no ambiente da política e que seria uma impiedade cobrá-la do presidente da República. Afinal, ele mesmo se designou metamorfose ambulante, dispensando-se de compromissos consigo mesmo. Não nos surpreendamos, então, quando se encrespa e arrufa além do limite do ridículo com a deposição constitucional do hondurenho Manuel Zelaya, mas se relaciona aos abraços e amassos com os maiores ditadores e patifes do planeta.


Foi paradoxalmente no anarquista Proudhon - tanto o teórico socialista voltado para a crítica da economia quanto no ativista e organizador político - que Marx encontrou respaldo para suas formulações teóricas.

Com o materialismo histórico a tiracolo, Marx se propunha não só a exercer alguma influência sobre os destinos do mundo, mas transformá-lo - o que em sua linguagem revolucionária significava, antes, destruí-lo. Desse modo, tal como partiu anteriormente para liquidar com a filosofia, Marx atirou-se contra o mundo da economia burguesa, com ênfase na demolição da propriedade privada e do sistema capitalista de produção.

O velhinho de barba branca da ficção dá presentes inofensivos e inocentes para crianças. O barbudo do PT garante distribuição de kits gays para crianças.

Alunos de 7,8 e 9 anos estarão recebendo DVDs "escolares" com histórias de "amor" homossexual. Numa das histórias, conforme denúncia do Dep. Jair Bolsonaro, "um garoto de mais ou menos 14 anos, de nome Ricardo, vai ao banheiro fazer pipi, olha para o lado, vê um coleguinha dele fazendo pipi também e se apaixona por esse colega". A denúncia completa está aqui:www.youtube.com/watch?v=ONfPCxKdGT4


"A primeira lei da economia é a escassez. E a primeira lei da política é ignorar a primeira lei da economia", explicou Thomas Sowell. Tal verdade pode ser observada diariamente nos negócios governamentais.

Todo indivíduo tem de lidar com a escassez. Enquanto as necessidades e desejos são inúmeros, os recursos disponíveis para satisfazê-los são sempre limitados. A necessidade de escolher é uma consequência natural desse impasse. A impossibilidade de se alcançar satisfação plena obriga as pessoas a sempre buscarem a melhor alternativa.

Em um país ameaçado pelo terrorismo, como o nosso, os serviços de inteligência do Estado cumprem
um papel vital de defesa.

Estamos assistindo na Colômbia a um divórcio muito estranho: o que se está criando entre a opinião pública e muitos dos que na imprensa falada e escrita crêem representá-la.

O melhor exemplo desta profunda desavença está simbolizado pela imagem agradecida e muito favorável que a grande maioria dos colombianos guarda do presidente Álvaro Uribe, e a que hoje dele tentam furiosamente ofuscar muitos colunistas. Pouco lhes falta para que, com o apoio das ONGs e os coletivos de advogado de sempre, acabem tornando-o responsável por delitos de lesa-humanidade.

A teoria de que a Justiça de um Estado de Direito pode ser, pelo contrário, uma espécie de roda solta, que opera como um elétron livre, sem respeitar as esferas dos outros poderes, é uma perversão do direito constitucional, muito em voga nos círculos de esquerda
.

Chama muito a atenção ver um presidente da Corte Suprema de Justiça (CSJ) da Colômbia cometendo erros elementares de constitucionalismo. Quando era presidente desse importante organismo, o magistrado Augusto Ibáñez dizia em suas freqüentes entrevistas que o poder judiciário colombiano é "independente e autônomo" (El Tiempo, Bogotá, 3 de maio de 2009). Essa curiosa concepção da Justiça foi reiterada nestes dias pelo novo presidente da CSJ, Jaime Arrubla Paucar, que repetiu, de maneira idêntica, que a Justiça é "independente e autônoma" (El País, Cali, 6 de dezembro de 2010).


A exploração estatal do erotismo é característica inconfundível dos regimes totalitários e revolucionários.

Por que devemos consentir em continuar chamando de "Sua Excelência, o Senhor Ministro da Educação" um semianalfabeto que não sabe sequer soletrar a palavra "cabeçalho"? Por que devemos continuar adornando com o título de "Sua Excelência, o Senhor Ministro da Defesa" um civil bocó que se fantasia de general sem nem saber que com isso comete ilegalidade? Por que devemos honrar sob a denominação de "Sua Excelência, o Senhor Ministro da Cultura" um pateta sem cultura nenhuma? Por que devemos curvar-nos ante a magnificência presidencial de um pervertido que se gaba de ter tentado estuprar um companheiro de cela e diz sentir nostalgia do tempo em que os meninos do Nordeste tinham - se é que tinham - relações sexuais com cabritas e jumentas?

Eles afirmam, apenas publicamente, que o próprio PLC 122 é democrático. Mas frequentemente escrevem para mim e outros cristãos que logo que essa lei anti-"homofobia" for aprovada, iremos para a cadeia e meu blog será fechado.

Ao serem pegos com a "boca na botija", ativistas gays e parlamentares aliados da agenda gay desistiram de prosseguir com sua estratégia de aprovar o PLC 122 nos dias 8 e 9 desta semana, mas nada os impede de tentar mais uma vez nos próximos dias.

O terrível PNDH-3, por exemplo, foi lançado em 26 de dezembro, enquanto os brasileiros estavam ocupados com o Natal e a família. Não há dúvida de que foi uma intenção explícita de evitar a oposição.

Os governantes do Foro de São Paulo têm em mente dois passos claros: legitimar as FARC como partido político sem rótulo de terroristas e reconhecê-las como força beligerante com domínio, o que originaria uma guerra civil das FARC e dos comunistas latino-americanos contra a Colômbia.

Golpeadas as estruturas dirigentes, isoladas do mundo, sem indício de categorização política, as FARC e seus cúmplices nacionais e internacionais persistem, por todos os meios, para sair da lista de bandos terroristas. Os meios são audaciosos e demandam suma atenção do governo colombiano.

Eles tinham títulos como "Cabaço" e "Abuso de Crianças" e traziam imagens não só deles, mas também de seus companheiros atacando meninas de até sete anos. De acordo com o pesquisador da Universidade do Havaí Milton Diamond, nós deveríamos tornar estes filmes disponíveis aos pedófilos em prol do "bem de todos."

Outro dia a [revista esquerdista] Salon publicou um artigo* sobre um estudo "científico" que fazia a afirmação espantosa de que nós podemos reduzir os casos de estupros de crianças permitindo que os degenerados vejam pornografia infantil. Para seu crédito, Tracy Clark-Flory surpreendeu todos os defensores das crianças ao quase discordar desta pseudo-ciência pútrida:

O estudo certamente levanta algumas interessantes questões filosóficas sobre autorizar materiais condenáveis para prevenir crimes na vida real - mas tem falhas fundamentais. Dignas de nota: A pesquisa de Diamond encontra uma correlação entre pornografia infantil e abuso sexual, o que não é o mesmo que causalidade; e no caso tcheco, a pornografia em geral (incluindo a pornografia infantil) era legalizada, não apenas a infantil. Também é digno de nota que a queda observada é do abuso sexual infantil registrado.

O apelo revolucionário de Karl Marx, bem como o de seus sucessores, resume-se na proposta mais cínica que algum celerado já fez a seus irmãos humanos: "Matem e morram por algo que inventei, mas que eu mesmo não sei dizer o que é."

Quando me mostraram um vídeo em que Carlos Vereza, no programa do Jô Soares, falava o diabo do governo, julguei que se tratava de uma explosão emocional inconsequente, fútil. O que me levou a essa conclusão foi o fato de que o ator, por baixo de suas acusações aos ocupantes do poder, tentava salvar a honra do discurso esquerdista que, precisamente, os havia colocado lá.

"Aí está - pensei - mais um brasileiro que odeia as consequências sem deixar de amar as causas."

De acordo com a ADLEEC, na Suécia é medida rotineira, quando os pais fazem objeção à interferência do Estado na vida de seus filhos, forçar os pais a fazer avaliação e diagnóstico psiquiátrico. Mais tarde, as autoridades podem usar isso como justificativa para tomar os filhos e colocá-los numa instituição estatal.

GOTLAND, Suécia, 8 de dezembro de 2010 (Notícias Pró-Família) - Um tribunal sueco prendeu o pai de um menino, que fora raptado pelo governo, por levar seu filho para casa para uma visita de noite "sem autorização", informou a Associação de Defesa Legal da Educação Escolar em Casa (ADLEEC). Christer Johansson, pai de Dominic Johansson, está sendo mantido na cadeia para aguardar um julgamento no fim deste mês.

A ironia é que o sentimento conservador está em níveis históricos.

Embora o Partido Democrata tenha sofrido um banho de sangue em 2 de novembro, os progressistas que simplesmente gerenciam o partido e controlam o presidente Obama saíram das eleições mais fortes do que nunca. Eles manterão a pressão política para que Obama prossiga com uma agenda de extrema-esquerda, com a ameaça implícita de que, se não obedecer, haverá primárias presidenciais e um desafiante, em 2012. Os progressistas conhecem os segredos de Obama, tendo-o apoiado desde que se juntou a eles no Novo Partido de Chicago, um meio pelo qual eles empurraram o Partido Democrata para a esquerda.

As razões para essa ânsia de controlar a mídia vimos nas últimas eleições. Um movimento incipiente de oposição levou as eleições presidenciais para o segundo turno.

O destaque da Folha de São Paulo desta segunda foi a gestação de projeto de lei com o objetivo de criar uma nova agência governamental, que teria entre as suas atribuições a regulação do conteúdo veiculado no rádio e na televisão. Desde que foi anunciada a Confecom que o governo do PT tem pelejado para pôr uma trava na liberdade de imprensa, a pretexto de fazer a necessária modernização na legislação que regula o setor.

O Papa Bento XVI não está preocupado em receber parabéns pelo que não disse ou em agradar a ONU, a Organização Mundial de Saúde, França, Inglaterra, Brasil ou o G7, 8, 9...

O Papa Bento XVI não mudou, absolutamente, nada no Magistério da Igreja Católica quanto à sábia proibição do uso de preservativos para casados, solteiros, viúvos, separados, juntados...

A questão é simples. Porém, sempre existe a turma que precisa de uma, duas, três explicações ou até que se faça uso de desenho para que possam finalmente entender.