Una disfunción eréctil es la impotencia de obtener o mantener una erección. comprar cialis sin receta en madrid saber cuál es el medicamento ideal para usted depende de diferentes factores. L'excitation sexuelle masculine est un processus complexe qui implique le cerveau, les hormones, les émotions, les nerfs, les muscles et les vaisseaux sanguins. La dysfonction érectile peut résulter d'un problème avec l'un de ces. De même, le stress et la santé mentale préoccupations peuvent causer ou aggraver la dysfonction érectile. Où achat levitra france vous avez trouvé une #pharmacie online ici http://trendpharm.com/ #levitra. Lorsque des problèmes se produisent dans la chambre, les émotions peuvent exécuter élevé. Si vous avez commencé à éviter les rapports sexuels par crainte de ne pas obtenir une érection, votre partenaire peut commencer à vous pensez ne trouvent plus attrayants. Sentiments se blessent. En couple commencent à se sentir moins intime. Le ressentiment se insinue.

 


SPACÇO DO SPACCA

vspacca

© Spacca para o MSM



Jornalistas que não se curvam à patifaria totalitária do Foro de São Paulo estão sob risco num país em que o direito à livre opinião está seriamente ameaçado. Alex Pereira e Vitor Vieira falam sobre as ameaças e acusações feitas pelos delinquentes aliados aos bandidos do PT contra aqueles que defendem as liberdades civis e que com independência denunciam um governo que está simplesmente destruindo o Brasil e suas instituições.

* * *


Nos encontros da liderança do PT, canta-se a Internacional Socialista e fala-se abertamente do projeto de dominação política do país. No STF, fala-se apenas de corrupção, "caixa 2", peculato e outros crimes, como se o Mensalão não fosse a tentativa de usar o dinheiro como arma revolucionária, para falsear todo o jogo político nas instâncias mais altas do país e fazer com que o PT, centralizando tudo no Executivo, controlasse o país sem nenhuma oposição.

Infelizmente, a população caiu no truque das atenuações da imprensa chapa-branca, e ainda está dando apoio expressivo a políticos do PT e a seus aliados.

* * *

Católicos não podem votar num partido pró-aborto e pró-gayzista.

Veja muito mais na seção de vídeos do Mídia Sem Máscara.

Avisos

POLÊMICAS INTER-RELIGIOSAS, EM ESPECIAL ENTRE DIFERENTES DENOMINAÇÕES CRISTÃS, SÃO EXPRESSAMENTE PROIBIDAS NESTE SITE. COM TANTOS INIMIGOS RONDANDO, VAMOS FICAR TROCANDO TAPAS EM FAMÍLIA?

trueoutspeak2
atasFSP

clip_image002

THIS IS A BULLSHIT-FREE SPACE
Orkut-32 twittericon Youtube_32x32 facebook_32 Feeds_32x32 Mail-32currency_blue_dollar-32

O papel do presidente Lula nesta farsa teve vários objetivos, um dos quais pôr uma cortina de fumaça sobre as íntimas ligações de seu governo e seu partido (PT) com as FARC, confirmadas nos achados dos computadores de Raúl Reyes.

Causou-me constrangimento e perplexidade os comentários maldosos, baseados em desinformação plantada pela mídia companheira de viagem, a respeito da participação do nosso Exército Brasileiro na operação de resgate dos seqüestrados pelas FARC. Em primeiro lugar, é fundamental que se nomeie as coisas por seus nomes reais, e não pela novilíngua do politicamente correto. Essas pessoas que aos poucos estão sendo libertadas não são “prisioneiros de guerra” – porque se admitirmos isto, estaremos implicitamente concordando que existe uma contenda entre dois Estados –, mas SEQÜESTRADAS por um bando narcoterrorista, de corte marxista-leninista.

A seção Nerd Sem Máscara irá buscar tratar do viés particularmente revolucionário e esquerdista da ficção nerd: gibis, rpgs e assemelhados. Estamos cientes de que a obra de ficção é apropriada pelo receptor que pode, inclusive, aplicá-la em sua vida de forma inversa à intencionada pelo autor.

"O que são vocês criaturas de Fantasia? Sonhos, invenções poéticas, personagens em uma história sem fim. Você acha que vocês são reais? Bem, são, aqui no seu mundo são. Mas quando atravessam o Nada, vocês Fantasianos deixam de ser vocês mesmos. Vocês trarão ilusão e loucura para o mundo humano." Gmork, explicando para Atreiú como o Nada afeta os seres de Fantasia, no livro "A História Sem Fim"

Em janeiro de 2009, o jornal O Globo anunciou o lançamento do filme “O fim do silêncio”, produzido pela Fiocruz, com R$ 80 mil fornecidos pelo Ministério da Saúde. A diretora do vídeo Thereza Jessouroun afirmou que o documentário é “claramente a favor do aborto”. Mais uma vez, o dinheiro público é utilizado para incitação ao crime (art. 286, CP) e apologia de crime (art. 287, CP).

Durante quatro meses, de 12 de agosto a 27 de novembro de 2008, a União Nacional dos Estudantes (UNE) percorreu o Brasil visitando 41 universidades e realizando 57 debates. O objetivo fundamental dessa “Caravana Estudantil da Saúde” foi a propaganda do aborto, das drogas e do homossexualismo. Vejamos alguns dos temas tratados: “Legalização do aborto: aspectos legais, morais, políticos sob a ótica da saúde pública”, “Drogas – Legalizar ou não?”, “Saúde e tolerância: homofobia, lesbofobia, sexismo, racismo”, “Direitos sexuais e reprodutivos e a violência de gênero” [1]. O jornal da Caravana da UNE, no artigo “Políticas públicas para a mulher” (p. 3) afirmava ser dever do Estado “legalizar o aborto”. Tudo isso custou R$ 2,8 milhões ao Ministério da Saúde. Essa verba estava prevista no Orçamento para apoio à educação permanente de trabalhadores do SUS (Sistema Único da Saúde), mas foi desviada pelo governo para a UNE [2].

Sumário: I - Introdução. II – O âmbito ou núcleo da imunidade tributária assegurada ao 3º setor[1] e a sua teleologia. III – A reserva de lei complementar para regular os requisitos da imunidade assegurada ao 3º setor. IV - A reserva de lei e a inconstitucionalidade das normas regulamentares das entidades de assistência social. V – O procedimento administrativo de suspensão da imunidade e o devido processo legal. VI – Conclusões.

A única discussão possível é se dever-se-ia matar dois seres humanos na presunção de que poderiam matar o hospedeiro. Isto sim é questão de foro íntimo para os não-católicos. É claro que a tchurma da campanha a favor do aborto e da eutanásia e contra a Igreja Católica – por estes e qualquer outro motivo! - está deitando e rolando!

 

Não costumo escrever sobre assuntos que estão fazendo furor na mídia porque nestes casos raramente existe algo de racional nas discussões, mas apenas opiniões catárticas... e muito chute, travestidos de opiniões abalizadas. Principalmente quando envolve a questão do aborto, eutanásia e a Igreja Católica. Porém, após meus últimos artigos sobre o primeiro tema alguns leitores pedem a minha posição sobre o caso da menina que engravidou por ser estuprada pelo padrasto e a excomunhão. Para não deixar meus leitores sem resposta, escreverei brevemente sobre isto agora.

 

Para uma resposta completa eu deveria entender profundamente de três assuntos: genética, obstetrícia e Direito Canônico. Como não sou especialista em nenhuma delas, considerem que vou emitir opiniões pessoais.

À medida em que Chávez aprofundava o modelo comunista na Venezuela, confiscando propriedades e modificando a Constituição para perpetuar-se no poder, o povo salvadorenho foi pondo suas barbas de molho e mudando suas preferências. Daniel Ortega fez o resto, roubando da maneira mais atroz as eleições na Nicarágua.

 

Há sete meses o candidato da Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN), Mauricio Funes, despontava nas pesquisas com mais de quinze pontos de vantagem. O FMLN contava – e ainda conta – com abundante financiamento ilegal, fornecido por Hugo Chávez, através da Alba Petróleos. Tudo indicava que El Salvador cairia nas garras do Socialismo do Século XXI, como ocorreu com a Bolívia, Equador e Nicarágua.

 

Entretanto, no meio da campanha eleitoral surgiram evidências dos vínculos de Chávez com o FMLN. O próprio Chávez os tornou públicos, ao se declarar abertamente a favor de Funes e confessar na televisão que pretendia construir “uma só pátria” com Cuba, Venezuela e El Salvador.

 

Ao se sobrepor à espontaneidade do mercado, ao sufocar a economia com a supertributação, ao estrangular a liberdade com o excesso de regulamentos e ao transformar a vida prática em uma ação perigosa, com sérios riscos jurídicos, não se poderia esperar outra coisa que não a eclosão de uma catástrofe, econômica assim como política.

No artigo anterior comentei que o primeiro orçamento apresentado pelo presidente Barack Obama para o próximo ano fiscal é uma insanidade, em face do tamanho do déficit proposto, mas também em face da qualidade dos gastos perseguidos. Os bailouts de empresas tecnicamente falidas, como bancos, a AIG e a General Motors Corporation, bem como a compra dos ditos ativos imobiliários tóxicos é uma afronta às leis naturais do mercado. Esse orçamento é um sinal dos novos tempos em direção ao Estado Total.

Que tipo de escola é essa que não monitora a qualificação do que é ensinado nas salas de aula? O professor Gustavo Brígido, simplesmente, está defendendo um assassino julgado e condenado por um tribunal de um país democrático, por conta de suas duvidosas convicções políticas. 

Quanto mais as empresas criavam empregos mais aumentava a popularidade de Lula, esse empregador. Agora, com a crise se instalando em proporções alarmantes, as empresas reduzem suas atividades e, consequentemente, seus quadros de pessoal. E a culpa é de quem? Do Lula? Absolutamente não. Ele já deixou claro que a culpa é do maldito empresariado nacional, incompetente para produzir sem mercado e incapaz de pagar a folha de pessoal sem faturamento.

Sobre quem manda hoje na TV Brasil, Mario Morel faz revelações inusitadas: “Ela não é, como se diz por aí, a TV do Lula, mas, sim, a ‘TV do La Pena’. La Pena é um jornalista dono de uma empresa de comunicação, a Monte Castelo, que atua nos bastidores através da diretora de jornalismo, Helena Chagas, e do presidente da ACERP (Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto), jornalista Arnaldo Jacob, ambos com estreitas e antigas relações com a empresa Monte Castelo.